lua de sangue

ser lua
ser nua
ser tua

dentro da noite
encontro silêncio
no teu nome


eu preferi não gritar
eu resolvi esmaecer
em busca de me encontrar



"cai a lua, caem as plêiades e
é meia-noite, o tempo passa e
eu só, aqui deitada, desejante"
-safo


8 comentários:

  1. "Quelle charmante histoire! Je l'apprentissage du français et je l'espère de lire vos textes sans un traducteur, devrait être plus belle."

    Thanks Maria for the lovely compliment! Well, maybe one day I will be able to write in Portuguese... Or you in French! If you need help in grammar or with the (annoying) verbs, I am here!

    ResponderExcluir
  2. Que poema lindo Mika.
    Eu venho aqui e sempre me encanto com tuas palavras.
    Sou realmente muito sortuda por ter alguém tão inspirador perto de mim. ❤

    Saudade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida, sabes o quanto você é admirável ao meus olhos...

      Saudade²

      Excluir
  3. Mika! Encontrei você <3
    Que diário lindo você está cultivando aqui, seus escritos e fotos são muito interessantes!
    Você nasceu um poema, Maria Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que nos reencontramos! Fico tão feliz de depois de tanto tempo ver um sinal de vida seu rs e mais feliz ainda de ver que você voltou pro blog e que poderei me encantar com seus escritos. Obrigada!

      Um abraço.

      Excluir